O que é OKR e Como Implementar

Tempo de leitura: 7 minutos

Saiba como implantar a OKR, a metodologia usada para definir metas no Vale do Silício

Quando pensamos em empresas como Google, Dropbox, LinkedIn, Intel e Twitter, logo pensamos na palavra “sucesso”. Se sua empresa deseja atingir tanto sucesso quanto essas grandiosas organizações, vou relevar o segredo que todas têm em comum: a metodologia OKR (Objectives and Key Results).

Embarque conosco nessa leitura, em que você entenderá:
•    O que é a OKR
•    Componentes do método
•    Exemplo de aplicação
•    Características da metodologia
•    Benefícios
•    Passo-a-passo para implementar
•    Evite esses erros na hora de pensar

O que é a OKR

Já ressaltamos acima que a metodologia OKR significa Objectives and Key Results em inglês (“objetivos e resultados-chaves” em tradução literal).

Esse método serve para apontar metas a serem alcançadas, juntamente com medidas que mostram se tais objetivos foram conquistados ou não.

Aplicada nas principais organizações do Vale do Silício, como Google em 1999, a OKR é ainda pouco conhecida no Brasil.

Características da metodologia

É importante que você e sua empresa tenham em mente que os resultados da OKR não acontecem do dia para a noite: eles são mensuráveis e devem ser analisados ao longo de um tempo.

Mas iremos simplificar os principais pontos que definem a metodologia:

1) Praticidade: o processo deve ser simples e cada OKR deve ser bastante claro; na Intel, que foi a criadora da metodologia, as metas são mensais;

2) Ciclos curtos: ao invés de pensar em longo prazo ou metas anuais, pense em uma periodicidade trimestral (ou menor);

3) Transparência: os OKRs de toda as equipes devem estar disponíveis publicamente a todos da empresa;

4) Foco: os OKRs ajudam a definir as prioridades do negócio, para isso é importante ter poucos OKRs para um objetivo,

5) Disciplina: é importante que cada OKR faça parte da cultura organizacional, fazendo parte do dia a dia dos colaboradores para o alcance dos resultados desejados.

 

okr

 

Componentes do método

Antes de explicar o que é o objetivo e seus OKRs, vou contar sobre uma inspiração nossa aqui na Laços Corporativos: John Doerr.

Listado na Forbes, o megainvestidor John Doerr foi o responsável por implementar a metodologia OKR na Google. Diante disso, ele afirma que toda boa meta tem de ser pensada da seguinte forma:

“Eu irei (objetivo) medido por (conjunto de Key Results).”

Portanto, a metodologia OKR = Objetivo (Objective) + conjunto de Key Results.

Objetivo = o que nós queremos atingir
•    Deve ser qualitativo;
•    Motivador aos colaboradores,
•    Memorável.

Key Results = como sabemos se estamos no caminho certo
•    2 a 5 Key Results por objetivo;
•    Devem ser quantitativas (têm de ser mensuráveis em números),
•    Têm de possuir diretrizes para saber se há progressão ou não.

Exemplo de aplicação

Vamos imaginar novamente a Empresa UmDoisTrês, que vende fones de ouvido para celular (se você não conhece essa história, clique aqui). Ela quer melhorar o relacionamento com os clientes.

Logo, a metodologia OKR dela seria a seguinte:

Objetivo: Aumentar satisfação do público
Key Results:
– Atingir NPS de 70;
– Diminuir o churn rate (nível de descadastramento) a 10%;
– Aumentar 30% o número de visitas mensais no site,
– Aumentar cliques por busca orgânica em 50%.

“Renan, mas é possível que concorrentes tenham o mesmo objetivo que eu, não é?”.

Sim, é. Porém, são as Key Results que definem seu Objetivo e não o contrário.

Pode ser que um concorrente da Empresa UmDoisTrês também queira aumentar a satisfação do público, porém as metas a serem trabalhadas serão totalmente distintas.

Benefícios 

Nada é mais importante dentro de uma empresa ter os colaboradores empenhados. Ter uma equipe motivada e que veste a camisa é a chave para o crescimento de qualquer negócio.

Assim, o principal objetivo da metodologia é trazer:

1) Maior agilidade em processos, com definição de metas e menor risco de conflitos;

Além disso:

2) Um número restrito de metas aumenta a chance de sucesso (afinal, muitas metas não estabelecem nenhum foco);

3) Todos os colaboradores ajudarão a atingir essas metas a partir de suas responsabilidades;

4) Foco em atingir o resultado e não nas dificuldades dessa jornada até o sucesso;

5) Tirar a equipe da zona de conforto;

6) Adaptação de objetivos e metas de acordo com a realidade da empresa.

Passo-a-passo para implementar 

Já falamos aqui que é importante estabelecer prazos curtos, como metas trimestrais. Não se esqueça também de mostrar à equipe que a empresa estará sempre de braços abertos para ouvir feedbacks sobre o alcance de resultados, discutindo possíveis melhorias para atingir o objetivo.

Mas para te ajudar a implementar o método na sua empresa, acompanhe esse passo-a-passo:

Passo 1: Estabeleça a grande conquista desejada pela empresa para todo o ano;

Passo 2: Agora, tendo em mente essa grande conquista, pense em até três objetivos que sua organização deseja para o primeiro trimestre (ou seja, faça recortes da conquista almejada)

Passo 3: Defina 3 a 5 Key Results para cada objetivo do trimestre;

Passo 4: Mensure, numericamente, cada Key Results;

Passo 5: Pense em como cada Key Results pode ser atingida pelas diversas responsabilidades de cada colaborador e peça que os gestores conversem com os funcionários para dividir tarefas visando os objetivos trimestrais,

Passo 6: Ao final do trimestre e antes do início do próximo, refaça os passos 2 a 5.

Mas passar por cada um desses passos leva tempo. Para te ajudar, faremos um Guia de Implementação da OKR, divido em meses:

Primeiro mês:
– Determinar a grande conquista anual e objetivos do trimestre,
– Decidir como será feito o compartilhamento de OKRs internamente a todos colaboradores.

Segundo mês:
– Comunicar a grande conquista e os objetivos do trimestre para toda empresa;
– Pensar sobre OKRs (podem ser para a empresa, departamentos ou mesmo pessoais),
– Implementar sistema para acompanhamento de OKRs.

Terceiro mês:
– Apresentar OKRs a toda empresa,
– Gestores devem começar a monitoração de OKRs de departamento e pessoais.

Quarto mês:
– Reavaliação dos objetivos estabelecidos e quais os resultados alcançados até esse meio de semestre,
– Análise da progressão até a grande conquista e repensar possíveis ajustes para alcance dos objetivos trimestrais.

Quinto mês:
– Reuniões para avaliar resultados da empresa, dos departamentos e individuais,
– Estabelecer objetivos e novos OKRs do próximo trimestre.

Sexto mês:
– Recomeçar processo.

Evite esses erros na hora de pensar 

Se você quer alcançar sucesso na sua empresa, é preciso estar atento aos erros que são comumente cometidos na hora de implantar a metodologia OKR. São eles:

•    Estabelecer mais de uma grande anual;
•    Definir muitos OKRs para o mesmo objetivo;
•    Colocar números muito elevados para serem alcançados nos OKRs;
•    Pensar em metas muito fáceis de serem conquistadas;
•    Fazer um planejamento a longo prazo;
•    Não fazer reavaliação durante o meio do trimestre;
•    Não comentar com todos os colaboradores sobre os OKRs,
•    Não apresentar os resultados obtidos a toda empresa.

Pronto! Agora você e sua empresa já estão preparados para implementar a OKR no dia a dia organizacional e, assim, estabelecer e medir resultados.

Desejamos todo o sucesso e, no que precisar, conte com a Laços Corporativos!