Plano de carreira: saiba porque é importante ter o seu

Tempo de leitura: 4 minutos

As exigências do mercado de trabalho são cada vez maiores. É preciso estar sempre atualizado, atento aos movimentos e novidades. Ainda assim, é comum nos depararmos com profissionais que se encontram estagnados em sua carreira e, acima de tudo, insatisfeitos, mas sem saber como abandonar este cenário em busca de outros mais interessantes.

Plano de carreira: saiba porque é importante ter o seu

Para evoluir, é fundamental saber onde se quer chegar. Nas empresas, isso se traduz em um plano de negócios. Para os profissionais, quem oferece esse norte é o plano de carreira. Mas, saber o caminho não é tudo, como nos lembra um célebre diálogo entre Alice e o Gato, no clássico Alice no País das Maravilhas, de Lewis Carroll:

– O senhor poderia me dizer, por favor, qual o caminho que devo tomar para sair daqui?

– Isso depende muito de para onde você quer ir, respondeu o Gato.

– Não me importo muito para onde, retrucou Alice.

– Então não importa o caminho que você escolha, disse o Gato.

– Contanto que dê em algum lugar, Alice completou.

– Oh, você pode ter certeza que vai chegar se você caminhar bastante, disse o Gato.

O caminho a ser percorrido depende de onde se deseja chegar. Elaborar um plano de carreira é descobrir qual é esse destino, como trilhar essa trajetória e quais ferramentas são necessárias nessa jornada.

Qualquer que seja o destino, como nos lembra o Gato, o caminho é longo. Por isso, o plano de carreira exige planejamento, doses extras de foco, determinação e dedicação, já que os resultados não são imediatos. E para ajudar você a descobrir onde deseja chegar, ou até mesmo a inspirar sua equipe, nós, da Laços Corporativos, selecionamos algumas dicas simples, mas muito úteis para descobrir o caminho que deseja trilhar e, o que é melhor, como chegar até lá.

Pense onde deseja chegar
Plano de carreira: saiba porque é importante ter o seu

Quando o assunto são sonhos e projetos, muitos têm medo de sonhar e, sobretudo, de fazer planos e pensar onde deseja chegar em curto, médio e longo prazos. Mas, esta etapa é fundamental. Sem ela, as próximas não podem ser concretizadas.

Por isso, o primeiro passo é separar os objetivos pessoais e profissionais e onde quer estar e o que deseja fazer daqui 5, 10, 15 ou 20 anos. Pense no que deseja fazer: ser diretor de área, vice-presidente, presidente da empresa em que você se está agora ou pretende abrir um negócio próprio? Tudo isso vale!

Olhe para si mesmo

Plano de carreira: saiba porque é importante ter o seu

Reflita sobre o seu momento atual e faça um comparativo de onde deseja chegar. Liste, com honestidade, quais seus pontos fortes, o que precisa ser melhorado e de que forma seus valores e talentos poderão contribuir para alcançar seus objetivos.

Enumere cinco competências comportamentais que já possui e outras cinco que precisa desenvolver ou adquirir para alcançar o resultado almejado. Além disso, pense em cinco capacidades técnicas que já possui e outras cinco que deve aperfeiçoar para atingir seus propósitos. Depois, é só ir colocando as ações para realizá-los até completar o período estabelecido.

Elabore estratégias e elenque metas

Metas são as etapas que levarão ao objetivo final e é fundamental tê-las definidas para facilitar o alcance dos objetos. Além disso, faça avaliações periódicas para saber se você está no caminho certo ou se precisa fazer uma correção de rotas.

Entre os exemplos de metas estão o investimento em capacitação profissional por meio de cursos específicos que complementarão o conhecimento que você já tem da sua área ou um de idiomas.

Não perca os exemplos de sucesso de vista

Plano de carreira: saiba porque é importante ter o seu

Busque inspiração em profissionais renomados que alcançaram o sucesso e procure saber o que foi feito para que aquele patamar tenha sido alcançado. Leia suas biografias, se houver e, na medida do possível, procure seguir seus passos.

Coloque seu plano de carreira no papel

Escrever ajuda não apenas a organizar as ideias, como também torna-se uma espécie de compromisso consigo mesmo. Deixe-o à vista e releia todos os dias o que está escrito ali e, se for necessário, faça alterações, correções e atualizações.

Lembre-se da importância de corrigir a rota sempre que estiver fora do curso. Além disso, preste atenção caso esteja fazendo muitas mudanças. Isso pode ser um indicativo de que ou você não sabe o que realmente quer e está desperdiçando tempo e recursos para se aprimorar em algo que não faz parte da sua verdadeira vocação.

O mais importante de tudo: não tenha medo de mudar os rumos da sua vida se assim o desejar. Lembre-se que profissionais satisfeitos com suas áreas de atuação são mais produtivos e, consequentemente, mais bem remunerados.

Laços Corporativos