Como estruturar o processo de Offboarding?

Como-estruturar-o-processo-de-Offboarding

compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Estruturar o processo de desligamento de colaboradores é tão importante quanto recebê-los bem. Saiba como fazer o Offboarding da melhor maneira na sua empresa.

Você já ouviu falar em Offboarding? No meio corporativo, é conhecido como o oposto do Onboarding, ou seja, o processo de desligamento de colaboradores de uma empresa. Em um momento de incerteza como uma demissão, ou saída de uma corporação, um Offboarding estruturado é de extrema importância para mostrar suporte ao colaborador e evitar futuros conflitos. Entenda aqui como facilitar esse processo na sua empresa.

Manter a satisfação dos colaboradores em uma organização é importante em todas as fases do ciclo entre as duas partes. Desde o Onboarding, durante o tempo de contrato, e também no fim do ciclo. Além de valorizar um colaborador de saída, um Offboarding bem estruturado impacta positivamente também a todos que seguem na empresa, entendendo que, caso isso aconteça com eles, o processo será justo e bem pensado. 

O Offboarding engloba não só questões burocráticas, como a devolução de materiais, entrevista demissional e cumprimento das medidas legais, mas também responde pelo âmbito da gestão de pessoas, já que prevê uma negociação de desligamento mais tranquila. A ideia, neste tipo de planejamento, é que ambas as partes saiam satisfeitas com o acordo de desligamento, independentemente do motivo da saída. 

Estruturando o Offboarding

O maior responsável pelo processo de Offboarding é o departamento de RH, que cuidará de todas as ações a serem realizadas. Um bom começo é adotar uma comunicação transparente com o colaborador que será desligado e comunicar também ao departamento em que a pessoa trabalha de seu desligamento, e seu gestor ou gestora. Isso significa ser transparente tanto quanto aos motivos pelos quais o desligamento está ocorrendo, quanto aos direitos que o colaborador terá na saída. 

É fundamental que o colaborador não saia com dúvidas ou incertezas, e o ponto mais importante desta fase do Offboarding é a entrevista de desligamento. Este é o momento em que a empresa irá sentar com o colaborador para conhecer os motivos, em casos de pedido de demissão, ou apresentar, caso ela que tenha decidido pela saída, os motivos da quebra do contrato de trabalho. Essa entrevista de desligamento precisa ser feita de forma justa e humana, com feedbacks e transparência.

Além da transparência, para a segurança da empresa, é muito importante adotar procedimentos formais que sigam as leis trabalhistas. Apesar de burocrático, isso agilizará o Offboarding e o tornará menos complicado para o colaborador também. Aqui é essencial manter o colaborador bem informado, indicando claramente todas as ações que devem ser feitas do lado dele a todo momento.

Praticar a empatia também faz parte da estruturação do Offboarding. O desligamento de um profissional envolve não só questões burocráticas, mas também afeta emocionalmente todos os envolvidos. É importante sempre se colocar no lugar do outro e entender que cada pessoa tem sua própria personalidade e pode reagir de forma diferente em uma saída. Aqui cabe um agradecimento por tudo que o funcionário fez pela empresa através de um Presente Personalizado, ou um café da manhã de despedida, por exemplo.

Finalizando o processo

Uma vez que o desligamento já tenha sido concluído, cabe à empresa também dar o máximo de apoio possível para o colaborador que saiu. Atitudes como estender o prazo do seguro saúde, ou outros benefícios, mostram empatia e contribuem para a saúde mental da pessoa que foi desligada.

Recomendar o perfil profissional da pessoa desligada no Linkedin e contratar plataformas de recrutamento e seleção também são ótimas ideias para efetivamente ajudar a pessoa a se recolocar no mercado. Tenha tudo isso programado em um schedule de desligamento para padronizar o processo, e garantir que os todos os colaboradores desligados passem pela mesma experiência.

Vale destacar que um Offboarding bem estruturado ajuda diretamente o Employer Branding da organização, mantendo uma boa imagem no mercado corporativo, internamente e com o ex-colaborador.
_____________________

A Laços Corporativos conecta a sua empresa com os colaboradores, clientes e parceiros. Não deixe de olhar nosso catálogo de presentes corporativos para surpreender a todos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Conheça o kit bebê personalizado

receba conteúdos exclusivos sobre employee experience